Playgirls

Kindly Myers, a militar mais sexy do exército norte-americano

Não é uma boa ideia meter-se no caminho da Playmate de novembro. A norte-americana esteve quatro anos no exército mais temido do mundo e gosta de seguir o exemplo de mulheres fortes e independentes, embora leve a vida sob uma regra dourada: tratar todos com uma dose extra de bondade. A prova? Está logo no nome: kindly, de forma gentil em português.

DATA DE NASCIMENTO 20 DE SETEMBRO DE 1985
ALTURA 1.67M
PESO 56KG
OLHOS CASTANHOS
PAÍS EUA

Diga-nos uma coisa surpreendente sobre si.
Estive durante quatro anos no exército dos Estados Unidos.

Como é que aprendeu esta arte?
Sempre gostei de aprender. Aceito bem críticas construtivas e aprendo um pouco com toda a gente com quem trabalho.

Como foi posar para a PLAYBOY?
É uma revista tão icónica. Foi excitante. Fiquei mesmo feliz por ter esta oportunidade.

O que é que a inspira?
O sucesso de outras mulheres fortes e independentes.

Porque é que decidiu tornar-se modelo?
Sempre tive esse sonho de aparecer em revistas, mas também de viajar pelo mundo. Quando surgiu a oportunidade, aproveitei-a sem hesitar — e nunca mais olhei para trás.

Quem é que a inspira?
Admiro a Adriana Lima e a sua beleza clássica e intemporal.

O que é que faz nos tempos livres?
Adoro tudo o que seja feito ao ar livre, mas tenho uma paixão pela equitação.

O que é que está na sua bucket list?
Quero aprender a mergulhar e, se possível, fazê-lo nas Maldivas.

Tem algum lema para a vida?
Tratar os outros como gostamos que nos tratem a nós. Um bocadinho de bondade faz sempre falta.

Carregue na fotogaleria para ver as imagens.

Artigo publicado na edição de novembro de 2019 da PLAYBOY PORTUGAL. Pode comprar a edição impressa na loja online.