Man cave

FIFA vs PES: o dérbi eterno está de volta

O jogo da Konami é lançado esta terça-feira, 10 de setembro. Colocámos as novidades dos dois melhores simuladores frente a frente.

Setembro é mês da batalha mais renhida do mundo dos videojogos. Os dois melhores simuladores de futebol do mundo são finalmente lançados no curto espaço de duas semanas e voltam a colocar frente a frente os indefetíveis fãs dos produtos da EA Sports e da Konami.

No meio estão os indecisos e é precisamente para esses que colocamos frente a frente algumas das novidades de FIFA 20 e eFootball PES 2020. Que role a bola.

FIFA 20

— O novo modo de jogo chama-se Volta Football e troca a relva pelas ruas de Tóquio, Amesterdão ou Londres. Ali, o futebol está em estado puro e selvagem, entre fintas, malabarismos e golos. Permite criar um futebolista com muitas opções do look, das sapatilhas aos hoodies coloridos, para competir em jogos de 2×2 ou 4×4.

— “Die meister, die besten, les grandes équipes, the champions”. Vai poder continuar a cantar o hino favorito do futebol, já que guardou o trunfo roubado ao rival em 2018, as licenças oficiais da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

— A aposta forte nas licenças traduz-se numa lista com 30 ligas oficiais – de França a Alemanha, incluíndo Itália, Portugal, Inglaterra e Espanha – e cerca de 700 clubes.

— A bicada ao PES deste ano veio na forma de um campeão europeu. O Liverpool é agora um exclusivo FIFA.

— A nova jogabilidade inclui um sistema de marcação de livres completamente renovado, uma física da bola mais realista e uma revisão completa dos duelos de um contra um, agora mais dinâmicos.

Data de lançamento: 27 de setembro
Plataformas: PC, PS4, Xbox One
Preço: 69,99€; Edição Champions, 89,99€;
Edição Ultimate, 99,99€ (PS4 e Xbox One)
59,99€; Edição Champions, 79,99€; Edição
Ultimate, 89,99€ (PC)

PES 2020

— Com menos licenças oficiais e sem as competições europeias, a Konami apostou forte no licenciamento de alguns dos maiores clubes do mundo. Um deles é a Juventus, que passa a ser um seu exclusivo – e que deixa o FIFA com um pouco simpático Piemonte Calcio no lugar da Vecchia Signora.

— Bayern Munique, Manchester United, Barcelona e Arsenal são outros dos clubes exclusivos que foram apaparicados e até tiveram direito a um scan a 3D dos seus craques – tudo para tornar os jogadores ainda mais realistas.

— O novo PES faz uma forte aposta no mercado sul-americano, onde terá exclusividade de alguns dos maiores símbolos, caso do Flamengo, Palmeiras, River Plate ou Boca Juniors.

— Apesar de reformado, o homem do Joga Bonito será uma das estrelas da nova versão. Ronaldinho é a cara da Legend do jogo, que permite aos jogadores entrarem em campo com o craque. Os seus movimentos, fintas, dribles e passes foram replicados ao pormenor – e sim, também vai conseguir receber e passar a bola com as costas.

— A jogabilidade também foi revista e vai trazer mais formas de fazer receções orientadas e de fintar o adversário com o corpo. Andrés Iniesta foi chamado para funcionar como conselheiro do novo Drible Finesse, uma melhorada forma de fintar, antecipando movimentações e posicionamento dos adversários com a ajuda dos sticks direccionais.

FIFA vs PES: o dérbi eterno está de volta

— O modo Master League inclui diálogos, reações e transferências mais realistas – e no modo de treinador será possível encarnar a pele de personagens míticas como Cruyff ou Maradona.

Data de lançamento: 10 de setembro
Plataformas: PC, PS4, Xbox One
Preço: 59,99€ (Edição Legend, 79,99€)