Desporto

Enquanto testes no futebol se multiplicam, Bundesliga recomeça este fim de semana mas à porta fechada

O mundo do futebol foi um de vários mundos que parou (com exceção da Bielorrússia) com o Covid-19. Agora, recomeça a rolar a bola mas ainda sob muitas dúvidas.

É já este fim de semana, a 16 de maio, que regressa a Bundesliga. O regresso de uma das principais ligas europeias surge após uma paragem superior a dois meses devido ao Covid-19 e será feito à porta fechada.

Na Europa, são vários os países que ainda não decidiram o regresso mas as próximas semanas serão mesmo de reinício, à imagem do que acontecerá por cá mais para o final do mês. Há, no entanto, ainda muitas dúvidas sobre o que aí vem.

Nesta fase, apenas a multiplicação de testes e os cuidados recomendados poderão evitar que um surto atinja o futebol em particular. A Federação Portuguesa de Futebol anunciou hoje que os jogadores da I Liga vão efetuar dois testes da Covid-19 num período de 48 horas antes de cada jogo e têm que se manter em recolhimento domiciliário.

Há plantéis que não têm um único caso confirmado mas aos poucos há jogadores a juntar-se às estatísticas de infetados, como foi o caso de David Tavares, do Benfica, e de três jogadores do Vitória de Guimarães, por exemplo.

No Reino Unido, o país europeus onde o vírus fez mais vítimas mortais (mais de 32 mil), o debate tem sido intenso sobre os riscos que os jogadores correm neste regresso à competição.

Até à última segunda-feira, 11 de maio, Portugal tinha 27.679 casos confirmados, dos quais resultaram 1.144 mortes. Ao todo, 2.549 foram também dadas como recuperadas.

Na Alemanha o Bayern lidera o campeonato com 55 pontos, mais quatro do que o Borussia Dortmund. O por cá, o FC Porto lidera a I Liga com 60 pontos, mais um ponto do que o Benfica.