Desporto

Conor McGregor: “Mayweather não quer uma desforra”

O irlandês quer a vingança no octógono, mas revela que Floyd desistiu da luta.

Temos más notícias para todos os que queriam ver um segundo round do Combate do Século: isso não vai acontecer. Pelo menos é o que diz Conor McGregor, a estrela do Mixed Martial Arts (MMA) que foi derrotado por Floyd Mayweather em agosto de 2017, que revela que o pugilista norte-americano terá abandonado as negociações para a desforra.

O irlandês de 29 anos partilhou uma fotografia no Instagram no qual ironiza o comportamento de Mayweather, depois de este ter feito várias publicações nas suas redes sociais que indiciavam a vontade de tentar bater McGregor no octógono.

 

“Estou feliz por Floyd e pelo seu recente anúncio de que está fora dessas negociações. É a razão pela qual nunca procurei a desforra em primeiro lugar. Fiquei feliz por ele se reformar. O meu jogo é implacável, não é como outros jogos. Compreendo completamente que ele se mantenha na reforma. Vou continuar com as minhas negociações e ver onde vai dar. Tem uma ótima reforma, Junior. Agora vem cá aqui e dá ao teu velho um abraço pelos velhos tempos. Tenho orgulho em ti, filho. Atenciosamente, Senior”, pode ler-se.

O combate que teve lugar em Las Vegas, nos Estados Unidos, gerou várias críticas pela diferença entre os desportos de Mayweather e McGregor, tendo alguns referido que foi uma luta que visava apenas dar muitos milhões a ambos os lutadores. E foi precisamente isso que aconteceu.

Entretanto, o lutador irlandês nunca mais voltou a competir e há quem defenda que deva perder o seu título de campeão de pesos-leve.