Desporto

Eis o calendário desportivo para o que falta de 2020

Entre incertezas e decisões, eis o que se sabe sobre o regresso das competições desportivas.

E, de repente, deixou de haver jogos para ver na bancada ou sequer no sofá porque a pandemia assim o ditou. Algumas competições já começaram, outras planeiam regressos para os próximos meses mas tudo isto ainda pode ser alterado se o Covid-19 a tal obrigar. Apesar de tudo, prepare o calendário que a época desportiva está aí.

Futebol

A Bundesliga foi a primeira liga de relevo a voltar, no passado dia 16 de maio. Por cá, a Liga NOS voltou a 3 de junho para o primeiro jogo da 25ª jornada, 87 dias após a paragem. Quando tudo parou, o FC Porto tinha 60 pontos, mais um do que o Benfica. A Premier League, que esta época irá coroar o Liverpool três décadas depois, regressa a 17 de junho, e logo com um Manchester City-Arsenal, para além de um Aston Villa-Sheffield United. Aqui ao lado, em Espanha, a La Liga regressa a 11 de junho. Já Cristiano Ronaldo terá de esperar um pouco mais pois a Serie A só começa a 20 de junho. Já da Champions League ainda estamos à espera de saber a solução encontrada. O Euro 2020, esse, só mesmo no verão do próximo ano.

Datas a reter: 11 de junho (La Liga); 17 de junho (Premier League); Seria A (20 de junho)

UFC

A UFC foi das primeiras a regressar, testando os eventos à porta fechada. Foram três numa semana, todos em Jacksonville, na Florida, com o primeiro a ser o UFC249, no passado dia 9 de maio. Toda a gente foi testada para o Covid-19 e um dos combates foi mesmo cancelado porque um dos lutadores acusou positivo. A 7 de junho há novo evento de peso, com a campeã Amanda Nunes a defender o título contra Felicia Spencer, a 7 de junho .

Data a reter: 7 de junho

Fórmula 1

Queríamos todos saber se Lewis Hamilton voltava a revalidar o título, rivalizando com o legado de Michael Schumacher. Mas a nova época da Fórmula 1 levou com semáforo vermelho quando os motores estavam já a aquecer. Agora, os olhos estão todos focados no Grande Prémio da Áustria, a 5 de julho. Até ao momento, apenas há datas confirmadas o calendário europeu.

Data a reter: 5 de julho

NBA

A maior liga de basquetebol do mundo ainda debate vários cenários diferentes para um possível regresso. Os play-offs poderão vir a ser alterados para sabermos quem sucede aos Toronto Raptors, que, liderados por Kawhi Leonard, fizeram história na última época. Neste momento, a NBA aponta para um regresso a 31 de julho. Veremos se assim é.

Eis o calendário desportivo para o que falta de 2020

Data a reter: 31 de julho

Tour de France

É a prova rainha do ciclismo e deverá voltar a 29 de agosto, embora as autoridades francesas admitam novo adiantamento, dependendo de como está a situação em relação à pandemia. O governo francês não queria eventos públicos com mais de cinco mil pessoas até finais de agosto e o melhor será mesmo o pelotão manter as bicicletas prontos, junto com um pouco mais de paciência.

Data a reter: 29 de agosto

NFL

Foi a 2 de fevereiro deste ao que os Kansas City Chiefs conseguiram uma impressionante reviravolta contra os San Francisco 49ers na final do Super Bowl. Vamos ter de esperar agora por setembro. Os Chiefs recebem a 10 de setembro em casa os Houston Texans. No domingo de 13 de setembro entram as restantes equipas em ação.

Data a reter: 10 de setembro

Ténis

O torneio de Roland Garros teria começado a 24 de maio e no domingo 7 de junho saberíamos se Rafael Nadal conseguiria revalidar o título. Agora, teremos de esperar por 20 de setembro, com as finais de singulares agendadas para 4 de outubro. Já o mítico Wimbledon não teve a mesma sorte: foi mesmo cancelado

Data a reter: 20 de setembro

Eis o calendário desportivo para o que falta de 2020

Jogos Olímpicos

De quatro em quatro anos, o mundo pára para os Jogos Olímpicos. Este ano seria um desses verões de sonho para os amantes do desporto mas teremos de esperar mais um ano. A data oficial ainda não foi definida mas “será o mais tardar no verão de 2021”, anunciou a organização.

Data a reter: 2021