Desporto

Covid-19 quase estragava os planos mas cartaz do UFC 251 acaba de ficar ainda mais interessante

A solução de última hora permite um dos combates mais antecipados do ano: Jorge Masvidal vai enfrentar Kamaru Usman.

A uma semana do evento, Jorge Masvidal já partiu para o Dubai, onde irá substituir o brasileiro Gilbert Burns no combate principal da noite. Burns, recorde-se, ia enfrentar Kamaru Usman, mas um teste positivo ao Covid-19 retirou-o do evento.  A solução de recurso é, para muitos, um combate bem mais desejado do que o que estava inicialmente previsto.

O UFC 251 prometia sempre espectáculo, com o rematch entre Alexander Volkanovski e Max Holloway em peso-pena, uma categoria que Holloway dominara durante anos até à chegada de Volkanovski e que volta ser um combate pelo título. A juntar a este havia ainda o rematch entre Rose Namajonas e Jessica Andrade e o combate pelo título de peso-galo, com Petr Yan favorito frente ao veterano José Aldo. Mas com achegada de Masvidal o evento ganha ainda maior atenção.

Em causa não está a qualidade de Burns, entenda-se. É que 2019 foi mesmo o grande ano de Masvidal, com três vitórias, incluindo o KO mais rápido de sempre, além do título de BMF. Além do mais, após ter protagonizado e vencido um dos combates mais interessantes de 2019, frente a Colby Convington, Kamaru Usman encontrou novo rival: precisamente Masvidal.

O primeiro nigeriano campeão do UFC e o norte-americano veterano de lutas de rua estiveram mesmo perto de chegar a vias de facto. Mas a ideia de se defrontarem no octógono parecia ter perdido forças, com Masvidal e o presidente do UFC, Dana White, a entrarem em desacordo público sobre pagamentos e contratos.

Agora, a UFC chegou-se à frente, Masvidal vai a jogo com uma semana de intervalo es além do que pode faturar ainda pode conseguir a proeza de se tornar campeão. Para tal, terá pela frente o campeão de peso-meio-médio. E não é um qualquer: Usman perdeu no primeiro combate profissional da sua carreira. Desde então nunca mais foi derrotado, e já lá vão 15 vitórias consecutivas.

O UFC 251 decorre na madrugada do próximo domingo, 12 de julho.