« 10 estádios infernais onde ninguém quer jogar

9. La Bombonera (Boca Juniors)

Estima-se que ao longo dos anos, a violência no futebol argentino já tenha feito mais de 200 mortos. E um dos mais perigosos ambientes do país vive-se no La Bombonera, a casa do Boca Juniors. A principal claque chama-se La 12 e é composta por cerca de dois mil hooligans que idolatram o Deus, Diego Armando Maradona. Muitos dos seus elementos têm negócios ligados ao tráfico de droga e exercem uma forte influência na política desportiva do clube, coagindo dirigentes e jogadores quando as coisas não correm tão bem.

Em dezembro de 2013, a comemoração do Dia do Adepto do Boca juntou mais de 30 mil hinchas no centro de Buenos Aires, mas depois da festa veio a confusão: 35 detidos, 11 polícias feridos e uma série de saques a lojas. O ambiente no La Bombonera é tão frenético que até as bancadas abanam.

Outros artigos de Desporto

Últimos artigos da PLAYBOY