Televisão

Site pornográfico quer produzir a terceira temporada de “Sense8”

A série das irmãs Wachowski foi cancelada pela Netflix em junho mas agora pode ter uma nova oportunidade.
A série quebrou muitas barreiras e esta pode ser só mais uma.

Em 2015, “Sense8” chegou à Netflix com tudo: temas tabus como a homofobia, a aceitação e a discriminação sexual, com muitas cenas de sexo pelo meio. Em junho, a série foi cancelada depois de duas temporadas e deixou os fãs desolados. A onda de revolta na internet foi tão grande que a Netflix convenceu as irmãs Wachowski (“Matrix“) a acabar a série com um filme de duas horas, a estrear em 2018.

Mas a possibilidade de uma terceira temporada não está fora de questão. O site pornográfico xHamster ofereceu-se para produzir uma temporada inteira de “Sense8”. O site, que já tem mais de dez anos, diz que tem mais visitantes diários do que as páginas ditas tradicionais e que é o local indicado para uma série que é inclui cenas de sexo e a discussão de direitos sexuais.

xHamster já publicou um comunicado oficial em que diz que “obviamente seria uma grande mudança e a logística tinha de ser bem pensada. Isto não é só mudar de sítio, é mudar a maneira como a série é feita, como é produzida e o que é produzido.”

“O que nós admiramos nas Wachowkis e na série em si é que correm riscos. Acho que somos um site em crescimento e adorávamos saber o que elas fariam connosco.”

Lana Wachowski, uma das irmãs, já tinha dito que gostava de continuar e escrever uma terceira temporada. Ainda assim, já existe o acordo para realizar o filme para a Netflix e o próprio site de streaming não vai facilitar a cedência dos direitos, já que os 23 episódios de “Sense8” vão continuar disponíveis online.