Cultura

Ozzy Osbourne: uma carreira entre drogas, álcool e morte

Em entrevista à "Rolling Stone", o Príncipe das Trevas revelou o momento dramático que o fez mudar de vida.

Ozzy Osbourne foi o primeiro vocalista da mítica banda Black Sabbath e, também, o mais polémico e carismático. Numa longa entrevista à revista Rolling Stone, Ozzy Osbourne fala abertamente sobre tudo: álcool, drogas e a morte.

Comecei a acordar ensopado na minha própria urina e, por isso, deixei os vícios. Estou limpo há cinco anos”, conta. Além desta revelação, o artista confessa ter noção de que os vícios poderiam levá-lo a ir ter com os seus amigos mais cedo do que gostaria.

No outro dia estava a dizer à Sharon [mulher] que todos os meus companheiros de bebida estão mortos. Nenhum deles voltou para me dizer que o outro lado era melhor e que eu me deveria juntar a eles. Não gostava nada da forma como ficava depois de consumir alguma droga ou de ficar embriagado”.

Em maio, Osbourne e Sharon renovaram os votos de casamento, isto depois de vários jornais terem revelado os casos amorosos do músico.

Ozzy Osbourne: uma carreira entre drogas, álcool e morte