Comer e beber

Fiammetta: o novo italiano de Lisboa está cheio de coisas boas

É restaurante e tem também uma mercearia no piso inferior com muitos produtos vindos de Itália.

Itália por todo o lado no novo restaurante e mercearia.

“Quem sai daqui leva sempre um saquinho com alguns produtos.” Quem o diz é Ludovica Rocchi, a italiana responsável pelo novo restaurante de Campo de Ourique. Chamam-se Fiammetta, abriu no início de dezembro e à primeira vista parece apenas mais um italiano de Lisboa. Mas olhe que não. No piso inferior tem uma mercearia maior que o piso de restaurante onde há uma grande variedade de produtos.

“São todos de pequenos produtores e chegam diretamente de Itália.” O pai de Ludovica tem uma empresa de exportação de produtos que ajudou na preparação do novo espaço da cidade. Mas na família há mais quem a tenha influenciado. “O meu avô abriu um dos primeiros restaurantes de Roma, em 1944, chama-se Fiammetta e a minha mãe e irmã continuam a trabalhar por lá.”

Ludovica Rocchi tem 34 anos e sempre trabalhou na área de moda com grandes marcas internacionais. “Apanhava seis aviões por semana, entre Amesterdão, Nova Iorque e Lisboa.” Casou com um português, vive em Lisboa há três anos e foi numa viagem que vez com o marido em Itália que dicidiu abrir este restaurante. “O objetivo desde espaço é mostrar a verdadeira comida italiana, simples, sem ser cheia de azeite e gordurosa, como já provei por cá.”

A maioria dos produtos que usam na preparação dos pratos estão também à venda na mercearia do piso inferior. O novo Fiammetta abre a partir das 10h30 com muitas sugestões para o pequeno-almoço, almoço e aperitivo. Ao todo tem capacidade para 24 pessoas. É chegar, sentar-se, olhar para o menu e decidir o escolher – o mais complicado de tudo.

Há bruschetas com tomate (3€), pancetta (6€), crostini de mozzarella e prosciutto de Parma (7,5€), ou saladas caprese (10€), burrata com nozes, pera e gorgonzola (9€), ou de feijão com tomate, atum e mozzarella (11€). As massas são feitas todos os dias no restaurante e podem ser pedidas entre as 12h30 e as 16 horas. Há tagliatelle com bolonhesa (11€), massa rigatoni à carbonara (11€) ou com pesto manjericão e pinhões (9€).

Há ainda diferentes tábuas com enchidos e queijos italianos — estão todos dispostos na vitrine e também os pode levar para casa — ou paninis com diversos recheios para um almoço mais rápido. Há de presunto de parma com tomate e azeite de trufa (9€), com mortadela, parmesão e azeite (7€) ou com tomate cereja, mozzarella, alcaparras e azeitonas (6,50€).

Carregue na foto para conhecer mais sobre o novo Fiammetta.