Bem-estar

A pé ou de BTT, este é o trilho perfeito de outono para conhecer a Rota Vicentina

O trilho dos Troviscais passa por viveiros de douradas, eucaliptos e acompanha parte do rio Mira.

Há sempre um bom motivo para percorrer o Alentejo à pé e não há nada de mais oportuno do que um percurso perfeito para os dias de chuva. Vale bem a pena, mas não pode mesmo esquecer-se das botas e do impermeável. Chama-se Trilho dos Troviscais e fica em Odemira. O percurso acompanha parte do rio Mira que serpenteia pela natureza, passa por viveiros de douradas e avista o Atlântico.

O caminho está bem assinalado nos dois sentidos é recomendado a caminhantes com experiência e condição física variada. O percurso está também adaptado para BTT. O local de partida do trajeto começa no Largo do Café, em Troviscais. O percurso é circular e tem uma extensão de cerca de 11,5 quilómetros. Dura cerca de 3h40, está inserido na lista trilhos da Rota Vicentina e está certificado pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

A rota passa maioritariamente por caminhos de terra batida e de macadame — tipo de pavimento com três camadas de pedras numa fundação com valas laterais para a dispersão da água da chuva.

Powered by Wikiloc

Ao chegar a um entroncamento, avista-se um monte e, pela direita, vai desembocar num caminho que encaminha pelo eucaliptal até chegar a Pampilhais. Daqui começa uma descida até à ribeira do Torgal até ao rio Mira. O trajeto desenvolve-se pela margem direita do rio, por zonas de sapal.

Ao chegar a uma represa natural pode observar uma enorme comunidade avifauna. A passagem faz-se por uma área de aluvião e sobe pelo esporão da encosta que se afasta do rio Mira. No final da primeira subida, pare e observe o rio, os viveiros de douradas, densas matas de sobreiros, eucaliptos e medronheiros. No final do segundo troço da subida, começa uma descida e pela esquerda chegará a uma casa em ruínas. Daqui, recomeça uma longa subida até Troviscais, para termina a essência deste caminho histórico da Rota Vicentina.

Tendo em conta a possibilidade de formação de poças de água e lama em época de chuva, recomenda-se roupa e calçado adequado.

Carregue na galeria para saber mais.