Atualidade

Morreu Joel Schumacher, realizador de filmes do Batman, “Cabine Telefónica” e “Número 23”

Tinha 80 anos.

Morreu, esta segunda-feira, 22 de junho, em Nova Iorque, o realizador Joel Schumacher, após uma longa batalha contra um cancro. Tinha 80 anos de idade.

Ao longo de mais de quatro décadas, Schumacher fez do cinema a sua carreira. Foi em 1987, com “The Lost Boys”, onde entrava um jovem (e entretanto já falecido) Corey Haim que se começou a destacar.

Nos anos 90 teve a seu cargo dois filmes de Batman, “Batman Para Sempre”, mais razoável, com Val Kilmer no papel do Homem-Morcego, e mais tarde “Batman & Robin”, tido como o pior filme envolvendo o vigilante de Gotham, este com George Clooney no papel de Batman.

“Cabine Telefónica”, com Colin Farrell sequestrado numa cabine, foi dos seus filmes mais interessantes, numa carreira onde ainda se destacaram thrillers como “Número 23”, com Jim Carrey.

A última longa-metragem de Joel Schumacher foi “Transgressão” e data de 2011, com Nicole Kidman e Nicholas Cage nos principais papéis. Em 2013 realizou ainda dois episódios de “House of Cards”.

O realizador começou no cinema a trabalhar na secção de guarda-roupa de diferentes filmes e acumularia mais tarde as funções de argumentista de filmes e autor de peças.