Atualidade

Imagem do espaço mostra como coronavírus fez diminuir a poluição na China

Para além das vidas humanas, o vírus está a afetar a economia mundial, em particular pelo impacto na China. Mas há um outro lado para esta questão.

Nos últimos dois meses, o novo coronavírus, Covid-19, continuou a propagar-se. Ao todo já se registaram mais de 89 mil pessoas infetadas, onde se incluem os casos identificados em Portugal. Mais de três mil pessoas perderam a vida.

O coronavírus tem tido custos humanos mas também na economia mundial. O impacto já se fez sentir nas bolsas mundiais. Na China em particular, foram várias as fábricas encerradas temporariamente e eventos cancelados. O impacto económico, no entanto, mostra um outro efeito curioso: a diminuição da poluição.

A Agência Espacial Europeia e a NASA adiantam que é notória a “diminuição significativa” dos níveis de NO₂ (dióxido de nitrogénio). Uma imagem da China captada a partir do espaço mostra estas mudanças naquele país.

O dióxido de nitrogénio engloba precisamente o gás libertado por combustíveis e instalações industriais. Estas alterações foram captadas por satélites que monitorizam a poluição.