Atualidade

“A Guerra dos Tronos” anda a espalhar vírus pelos computadores

É a série mais usada para disseminar software malicioso entre os que vêem os episódios de forma ilegal.

Contam-se os dias, as horas e os minutos. Fazem-se teorias e limpam-se suores frios. O cenário repete-se a cada estreia de uma nova temporada, só que agora sofremos pela última vez. Os últimos episódios de “A Guerra dos Tronos” estreiam a 15 de abril e é provável que esteja a pensar recorrer aos sites ilegais de partilha de filmes e séries para ver o primeiro episódio. Esqueça isso, o mais provável é que veja o seu computador ser infetado por um vírus.

Esta conclusão é o resultado de um estudo feito pela Kaspersky Lab, empresa especializada em antivírus e cibercrime. De acordo com a investigação, séries como “A Guerra dos Tronos”, “The Walking Dead” e “Arrow” são as mais usadas por hackers para disseminarem ficheiros maliciosos. Isto acontece porque atualmente o consumo de séries online é maior e são frequentemente descarregados ficheiros com essa finalidade, seja o episódio, as legendas ou outro tipo de ficheiros necessários.

A preocupação da empresa tem aumentado porque também os números de infetados aumentaram em 2017 e 2018. Só no último ano, 20.934 utilizadores foram atacados por piratas informáticos através da descarga de ficheiros relacionados com a famosa série da HBO, o que corresponde a 17% do total de infetados.

Com menor expressão mas não menos preocupantes estão os casos de “The Walking Dead”, com 18.794 utilizadores afetados, e “Arrow”, com um total de 12.163.

Boa parte destes ataques são feitos através do primeiro e do último episódio de cada temporada, uma vez que são também os mais vistos. No caso de “A Guerra dos Tronos”, o episódio mais afetado é o primeiro da primeira temporada, que é também um dos mais vistos da série.

"A Guerra dos Tronos" anda a espalhar vírus pelos computadores

“Quem pratica estas fraudes online tende a explorar a lealdade e a impaciência das pessoas, por isso podem prometer material novo para download que é na verdade uma ciberameaça. Tendo em conta que a temporada final de ‘A Guerra dos Tronos’ começa este mês, gostaríamos de alertar os utilizadores de que é altamente provável que haja um aumento da quantidade de malware disfarçado de novos episódios da série”, alerta Anton V. Ivanov, investigador de segurança da Kaspersky Lab.

Para não ser apanhado no meio destas fraudes, a empresa aconselha que tome cuidados como usar apenas serviços comprovadamente fidedignos para ver e descarregar séries; aceitar apenas ficheiros com extensões como .avi, .mkv ou mp4 e nunca .exe; ter atenção ao endereço do site onde vê ou descarrega os ficheiros, verificar novamente e só aceder se for através de ligação https://; não clicar em links que prometam episódios em primeira mão, especialmente se ainda não tiverem sido lançados na televisão; ou usar sempre um serviço de proteção contra ataques cibernéticos.

No fundo, para não correr riscos desnecessários, o melhor é esperar pelo lançamento dos novos episódios e, se possível, vê-los através da própria HBO. Até lá, pode ir espreitando as novidades confiáveis da nova temporada.