Atualidade

Família de Tom Petty quer impedir Trump de usar música de cantor em comícios

Pedido feito após “I Won’t Back Down” ter sido usada em comício este sábado.

O último sábado, 20 de junho, foi dia de regresso aos comícios para Donald Trump. Foi em Tulsa, no Oklahoma, que o presidente norte-americano voltou a campanha mas as coisas não correram como esperado.

Trump contava encher o recinto com lotação para 19 mil pessoas e esperava fazê-lo com facilidade, após cerca de um milhão de bilhetes terem sido reservados. Mas tais pedidos resultaram maioritariamente de uma campanha conduzida no TikTok como forma de fintar a campanha de Trump. E resultou: afinal de contas, Trump não conseguiu encher o recinto. Mas esta não foi a única coisa a correr mal no sábado.

Conta a “Variety” que quatro membros da família de Tom Petty emitiram um comunicado onde exigem que Trump deixe de usar uma das canções do falecido músico nos seus comícios. Em causa está a utilização de “I Won’t Back Down”.

A família de Tom Petty salienta que o músico “nunca quereria que uma canção sua fosse usada numa campanha de ódio. Ele gostava de juntar as pessoas”.