Atualidade

Coronavírus leva ao encerramento da Disneyland de Xangai

Medida de precaução serve para tentar evitar a propagação da doença que já matou 26 pessoas.

O coronavírus está a deixar cada vez mais em alerta as autoridades asiáticas e desta vez até a Disneyland de Xangai resolveu encerrar as portas. Trata-se de uma medida de prevenção para que a doença não se espalhe ainda mais mas não há, de momento, previsão de reabertura.

Numa altura em que o ano novo chinês leva milhares de pessoas de um lado para o outro, o parque de diversões achou por bem fechar as instalações para não expor funcionários e visitantes ao vírus. De acordo com o “Mirror” outros festejos do novo ano foram também cancelados por precaução, assim como partes da Grande Muralha da China.

De momento, o coronavírus já fez 26 vítimas mortais e contam-se cerca de 800 infetados. As cidades na China estão a pedir que as pessoas circulem o menos possível para não aumentar a propagação, o que faz com haja cerca de 40 milhões de pessoas isoladas e uma corrida aos supermercados para abastecimento de bens essenciais.

Ainda sem tratamento ou vacina preventiva, o vírus tem vindo a espalhar-se pelo mundo com casos detetados nos EUA, Reino Unido, Coreia do Sul ou Arábia Saudita. Para evitar o contágio, o melhor é não viajar para as zonas mais afetadas nem encher os hospitais e centros de saúde. Pelo contrário, deve contactar o Saúde 24 se tiver indícios do vírus.