Atualidade

Adam Schlesinger morre aos 52 anos. Cinco músicas para lembrar o seu talento

Músico morreu devido a complicações causadas pelo Covid-19.

Aos 52 anos, o músico Adam Schlesinger junta-se à crescente lista de vítimas mortais devido a complicações causadas pelo Covid-19. O compositor morreu esta quarta-feira, 1 de abril, em Nova Iorque.

O nome Adam Schlesinger pode não ser o mais conhecido do grande público mas a verdade é que o compositor é um daqueles casos em que tem músicas conhecidas mas que nem sempre se associam ao seu nome.

Ao longo da carreira, ganhou nome no rock com os Fountains of Wayne mas destacou-se ainda na composição de canções para filmes e séries. Adam Schlesinger é um daqueles casos raros em que, ao longo da carreira, conseguiu granjear nomeações aos Óscares, aos emmy e aos Grammy.

Escolhemos cinco músicas que mostram a diversidade e criatividade do músico que agora nos deixou. Divorciado, Adam Schlesinger  deixa ainda duas filhas.

Com cinco álbuns de originais, uma série de singles em solarenga rockabilly, há muito por onde escolher do reportório da banda. Fiquemos com “Stacy’s Mom”, que condensa a pop, o rock, os refrões orelhudos e as letras com humor e um bem-disposto tom auto-depreciativo que caracterizava os Fountains of Wayne, banda que Adam Schlesinger fundou com Chris Collingwood em 1996 e que terminou em 2013. A música foi nomeada a um Grammy.

“Anti-Depressants Are So Not A Big Deal” valeu ao músico um Emmy em 2019. Fez parte de “Crazy Ex Girlfriend” e mostra o toque de sentido de humor que o compositor conseguia juntar às suas canções. Aqui, privações, frustrações e depressões são cantadas, a bem dos anti-depressivos.

“That Thing You Do!” é nome de filme e de canção. Um pop-rock bem colorido que facilmente reconhecerão assim que tocarem no play. A música valeu-lhe uma nomeação aos Óscares em 1997.

“It’s Not Just for Gays Anymore” abriu os prémio Tony, os Óscares do teatro, em 2011. Foi escrita em parceria com David Javerbaum e contou com uma interpretação do inimitável Neil Patrick Harris.

Um dia antes de Adam Schlesinger falecer, numa altura em que já lutava pela vida, Ed Robertson, dos Barenaked Ladies, tocou uma versão de “Hackensack” num tributo ao músico. Assumido fã, tocou uma das suas canções preferidas dos Fountains of Wayne.