Man cave

Não é ficção. Vêm aí as corridas de carros voadores

O veículo parece um drone mas é tripulado. A competição tem início em 2020.

Quem acha que os carros que voam são coisas de filmes de ficção científica, está prestes a mudar de ideias. Afinal, o futuro não está assim tão longe e pode chegar mesmo em 2020.

A ideia de criar uma corrida pelos ares é dos australianos da Airspeeder, uma startup que já conta com o apoio da DHL, da Alauda Racing e da Equals. Como os próprios descrevem, esta nova modalidade mistura o formato da Fórmula E com as emoções das corridas aéreas e o glamour da F1.

Embora à primeira vista pareçam drones um pouco maiores do que o habitual, estes carros são tripulados e funcionam como uma espécie de multicópteros elétricos. O modelo mais recente, o MK4, é alimentado por uma bateria de 500 kw que pode ser rapidamente trocada e que tem autonomia de 15 minutos. É um monolugar e, por questões de segurança, tem um sistema de sensores anticolisão.

O aspeto destes carros é futurista, mas podemos dizer que cada um pesa 250 quilos, pode levar uma carga de até 100 quilos, mede quatro metros e pode atingir os 200 km/h.

O MK4 vai ser apresentado no Goodwood Festival of Speed, que decorre de 4 a 7 de julho e vai ter novos testes em novembro, no deserto do Mojave.